Propósito

Transparência, Inovação e Coragem

O mundo mudou depressa. A pandemia acelerou tendências, como o trabalho remoto, a automação, videoconferências, e-commerce… A ciência se mostrou necessária para aliviar a pressão no sistema de saúde. A economia chegou quase no fundo do posso, com aumento do desemprego e da fome no nosso país. Vai demorar e vai causar estragos imensuráveis, mas a pandemia vai passar e muitas dessas mudanças vão permanecer.

Assim como as pessoas e as empresas tiveram que se adaptar a esse ambiente novo, os governantes também precisam entender que a política também precisa se modernizar e estar em sintonia aos novos anseios e às novas necessidades sociais.

Coragem

Transparência

Uma nova governança que atenda a sociedade catarinense (e a brasileira) passa por alguns fatores essenciais. O primeiro deles, diz respeito à transparência nos dados e nas ações de governo, nas informações e nas decisões. 

Em um tempo de “fake news”, a ausência de transparência no poder público cria um profundo distanciamento e descrença na política e na gestão. Inaugurar uma nova era de transparência torna-se fundamental para rompimento desse ciclo de inverdades, através do pleno acompanhamento das ações, decisões e serviços prestados pelo governo. A transparência é a chave para dar credibilidade e engajar o cidadão na construção dos caminhos a serem trilhados pelo estado.

Inovação

Uma política moderna também exige uma gestão inovadora, capaz de impactar positivamente na capacidade competitiva do setor produtivo, bem como na oferta de melhores serviços pelo governo. Para isso, é necessária a aplicação de técnicas e tecnologias modernas no apoio ao cidadão, tendo sempre como objetivo a facilitação de sua vida. Isso significa desde a utilização de aplicativos para marcação de consultas e uso da telemedicina para determinadas situações, até aplicativos que permitam o cidadão acompanhar qualquer obra ou programa de seu interesse em seu aparelho celular. Ou ainda, a criação de um sistema do cidadão, que integre dados pessoais sobre saúde, educação, segurança pública, assistência social, permitindo o monitoramento das ações do poder público, em benefício da proteção e da paz social. 

As possibilidades atualmente são quase ilimitadas, e devem ser baseadas no interesse do cidadão. Além de ajudar na transparência, facilita o acesso das pessoas ao serviço público. 

Coragem

Há ainda um terceiro princípio necessário para a implantação de um modelo moderno de governança, determinante para o avanço rumo a um novo patamar de desenvolvimento: a coragem política. Essa característica é fundamental para o enfrentamento de corporações públicas que, por vezes, tem seus interesses na contramão dos interesses da sociedade. Essa coragem também é necessária para contradizer consensos falhos criados por parte da opinião pública, ou para enfrentar grupos que buscam aprisionar o estado a seu favor. 

Ainda fundamental é a coragem para o enfrentamento de interesses políticos desalinhados com a sociedade, o que exige além da coragem, habilidade no estabelecimento de novas bases d e relacionamento entre o executivo e o legislativo. Para isso, a transparência e a relação aberta com a sociedade são fundamentais. 

Através de uma gestão moderna baseada na transparência, na inovação e na coragem, aliadas à implantação de um eficiente sistema de gestão, com metas, objetivos e indicadores de resultados (aplicados em projetos estruturantes e/ou prioritários), haverá um impacto positivo sobre indicadores sociais, econômicos ou ambientais, ou sobre aspectos específicos das vidas das pessoas.

Inovação

Teste

Assim como as pessoas e as empresas tiveram que se adaptar a esse ambiente novo, os governantes também precisam entender que a política também precisa se modernizar e estar em sintonia aos novos anseios e às novas necessidades sociais.